A Associação dos Amigos do Museu Abade de Baçal apresenta o projeto “Memórias do Salto”.

Memórias do Salto é um projeto de recuperação das memórias dos transmontanos emigrados clandestinamente, durante o Estado Novo, mais precisamente entre 1954 e 1974. A principal intenção deste projeto é divulgar e valorizar as experiências vividas pelos emigrantes, passadores e engajadores, registando e salvaguardando as suas memórias.

Memórias do Salto permitirá dar voz e corpo a muitos portugueses do nordeste transmontano que, num tempo não muito distante, interferiram com o seu ato numa mudança de relativa importância para o fenómeno da mobilidade geográfica, que, nesta região nordestina teve bastante impacto.

Esta plataforma dá a conhecer as Memórias do Salto, dando voz aos emigrantes clandestinos, aos passadores, aos engajadores, a agentes da Guarda Fiscal e da Pide. A uns prestará a sua homenagem, de outros fará a leitura dos seus comportamentos à luz da época em que aconteceram.