Sala da Capela do Paço

A Capela do Antigo Paço Episcopal é o espaço onde melhor se revive a memória dos Bispos de Miranda e Bragança. A pintura do teto, marcada pelas armas de D. Frei Aleixo de Miranda Henriques (1758 – 1770) e de grande valor decorativo, é atribuível ao artista regional Manuel Caetano Fortuna (em atividade entre 1737 – 1766), reproduzindo um modelo de grande divulgação na região.

Obras semelhantes existem nas igrejas de Santa Clara, de S. Bento e Santa Maria do Castelo, em Bragança.

É neste magnífico ambiente, a que a pintura perspetivada do teto empresta uma especialidade única, que um importante conjunto de paramentos reconstitui a antiga solenidade dos ofícios litúrgicos. Entre estes, um sebasto quinhentista flamengo, conservado num pluvial de origem espanhola, destaca-se pela delicadeza de um Apostolado bordado, com as figuras dos Santos enquadradas em edículas de acentuada inspiração tardo-gótica.

Um sopro barroco anima, num registo diferente, as imagens de Santa Teresa d’Ávila e de S. José, ricamente estofadas e policromadas, belíssimos exemplares da escultura setecentista portuguesa.